Empresa‎ > ‎ARTIGOS‎ > ‎

Como se tornar um auditor de sistemas de gestão certificado

Hayrton Rodrigues do Prado Filho

 

O Registro de Auditores Certificados está sendo coordenado pela Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção (Abendi). Em primeiro lugar, a pessoa interessada deverá fazer um curso de formação de auditor reconhecidos pela ABENDI/RAC. Esses são avaliados para que possam treinar os profissionais adequadamente a fim de buscar a certificação e o desenvolvimento profissional e o reconhecimento do curso visa a garantir a qualidade da informação fornecida, uma vez que a estrutura, o material e os instrutores são avaliados por profissionais independentes e de competência reconhecida. Para saber quais os cursos reconhecidos clique no link http://www.rac.org.br/cursos.html


Um candidato que tenha interesse em se certificar, ou um auditor certificado que tenha interesse em manter sua certificação ou promover o seu nível de certificação, solicita ao RAC o envio do material necessário, que consiste de uma Instrução Técnica e do Dossiê do Candidato à Certificação como Auditor de Sistema de Gestão, disponível no link http://www.e-erp.com.br/Ftp/EMPRESA_238%2f902231569FM-126%20Rev3.doc  Após preencher o FM-126, e anexar as comprovações necessárias, o candidato, ou auditor certificado, formaliza a sua solicitação, enviando os documentos ao RAC. Será, então, realizada uma avaliação preliminar para verificar o conteúdo e a veracidade das informações fornecidas pelo candidato, ou auditor certificado. Depois de concluída a avaliação preliminar, o candidato deve pagar o valor para certificação no nível desejado conforme especificado no link http://www.e-erp.com.br/Ftp/EMPRESA_238%2f504872073FMP-048.pdf


Após a confirmação do pagamento, toda a documentação será submetida a uma avaliação técnica, que será conduzida por dois avaliadores técnicos com larga experiência na área da qualidade e em auditorias. O avaliador técnico, de posse dos documentos relativos à solicitação, recomenda a certificação inicial, recertificação ou promoção de nível de auditor. A avaliação técnica é conduzida de forma independente por cada um dos avaliadores. Baseado na avaliação técnica e em toda documentação envolvida, é emitido o parecer ao Bureau de Certificação. Esse, de posse dos documentos relativos à solicitação e da recomendação dos dois avaliadores técnicos, aprova a certificação inicial, recertificação ou promoção de nível de auditor. Essa aprovação deve ser realizada por, no mínimo, dois membros do Bureau de Certificação.


E quais os benefícios desse tipo de certificação. Segundo a Abendi, reconhecimento como profissional que tem formação e atua como auditor de sistema de gestão; o auditor certificado pelo RAC terá seus dados inseridos em um Banco de Dados e na Home Page do Abendi/RAC; o auditor certificado pelo RAC será informado sobre as modificações nos critérios pertinentes à certificação, por correio eletrônico ou outro meio.


A certificação conferida ao auditor é uma ratificação da sua capacidade para realizar auditorias, de acordo com o seu nível de certificação. Os níveis de auditores certificados pelo RAC são os seguintes: auditor líder, auditor, auditor aspirante e auditor interno. Para o escopo de auditor ambiental, não se aplicam as solicitações de auditor interno e aspirante. A qualquer tempo, um auditor certificado pode solicitar sua promoção de nível ao RAC, desde que possa comprovar o atendimento aos requisitos para a certificação inicial no nível almejado.


A sequência natural de níveis de auditor certificado pelo RAC segue a seguinte regra: o auditor que tenha feito o Curso de Formação de Auditor Interno somente poderá ser certificado como auditor interno; o auditor que tenha feito o Curso de Formação de Auditor Líder credenciado pelo Abendi/RAC poderá solicitar a sua promoção de nível para auditor ou auditor líder, caso seja certificado como auditor aspirante, e para auditor líder, caso seja certificado como auditor. Mais informações no linkhttp://www.e-erp.com.br/Ftp/EMPRESA_238%2f612860400IT-162%20a.pdf


As normas de sistema de gestão da qualidade aceitas pelo RAC para a comprovação da experiência em auditorias:

- NBR ISO 9001:2000 e 2008;

- NBR 15100:2004;

- NBR ISO/IEC 17025:2005;

- NBR ISO/IEC 17020:2006;

- NBR ISO/IEC 17021:2007;

- NBR ISO/IEC 17024:2004;

- ABNT ISO/IEC Guia 65, de 1997;

- QS 9000, 3ª Edição (até 15/12/2003);

- ABNT ISO/TS 16949:2004;

- Norma do PBQP-H Itens e Requisitos do Sistema de Qualificação de Empresas de Serviços e Obras – Construtoras SIQ – Construtoras – Subsetor de Edifícios, aprovada pela Comissão Nacional em 23 de março de 2001: para os níveis A e B;

- Critérios de Excelência de Prêmios Oficiais (PNQ e prêmios estaduais);

- Instrução Normativa No. 51 do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, de agosto de 2002;

- ABNT ISO TS 29001:2005 e 2008;

- API Q1 7th ou 8th Edition;

- ABNT NBR 14919:2002;

- ABNT NBR 15075:2004;

- ABNT NBR 15419:2006;

- ISO 13485:2003.

Site: http://www.rac.org.br/

Comments