Empresa‎ > ‎ARTIGOS‎ > ‎

A importância dos indicadores gerenciais

Hayrton Rodrigues do Prado Filho

 

O gerenciamento com indicadores é uma ferramenta simples e de elevada eficácia para ganhar produtividade. Os programas de qualidade disseminaram o uso de indicadores, mas, em muitos casos, isto se converteu apenas em burocracia e mais trabalho, sem gerar os resultados desejados. Criou-se, em nossas empresas, a idéia de que Qualidade é algo a mais a se fazer, além de produzir. O uso correto de indicadores também é fundamental para a adoção de técnicas mais avançadas de gestão.

Para que haja o gerenciamento de um negócio ou um processo produtivo há a necessidade de medir, de alguma forma, os efeitos das ações tomadas. Isto permite reforçar o que está dando resultados positivos e descartar o que não contribui para os resultados desejados. Para estas medições são usados indicadores ou métricas. Assim, indicadores são formas de representação quantificáveis das características de produtos e processos.

Os indicadores, para se tornarem eficazes como ferramenta de gestão, devem ser:

  • Relevantes – Medir aquilo que realmente é importante para a qualidade desejada do produto ou para a economia na produção.
  • Simples – Tanto para coletar os dados quanto para entender.
  • Abrangentes – Dando informações sobre uma parte significativa do processo que se deseja medir.
  • Comparáveis – Facilitando a comparação com dados históricos e com os de outras empresas.
  • Baratos – Para que os benefícios da medição sejam seguramente superiores ao seu custo.

Quanto mais informações existem, mais fácil é o caminho para o sucesso. Esse é o papel dos indicadores.

  • Para medir os resultados (desempenho) de um determinado processo.
  • Como base para uma decisão (só se deve apurar indicadores se eles servirem para a tomada de decisão num processo organizacional. Os dados mudam constantemente porque os processos estão constantemente em evolução.
  • Trazem mudanças na cultura organizacional (quebra de paradigmas) e dando condições ao gerente para mudar com base em dados, saber o que está acontecendo analisando em cima do que foi medido.
  • Precisam ser bem definidos e acompanhados sistematicamente.
  • É preciso medir aquilo que realmente é relevante para a organização.
Comments